Publicidade

Shalom Letra

O mundo indivisível
Ralé, religiões
E manifestações
Vidas comuns

Na lente do invisível
Aonde os pingos vão
É, por destino, ao chão
Quem vem retornará

Me dê a mão de sabão, de sabão, de sabão, de sabão
De violão, viola, violão, viola, violão
E de shalom, de shalom, de shalom, de shalom, de shalom
Me dê a mão de favo de feijão e deixe a missa lá

Na missa alah de shalom
Na de krishna de shalom
Na de oxalá de shalom
Na de buda de shalom
Vem maria, vem aqui
Encher a vida de paz
Sobre a família o pão
Livra os presos da prisão

Corre estradão caminhão
Córregos pro litoral
Escorre esta lenda canção
Dá margem pro marginal

Pode colher da calma
Ao leste das manhãs
O mundo é puro e são
Igual teu rumo luz