Publicidade
7 Minutoz

7 Minutoz

Rap do Escanor (Nanatsu No Taizai) - Orgulhoso Como Um Leão

Álbum: #7 Minutoz - Mais Tocadas 2 Plays

Rap do Escanor (Nanatsu No Taizai) - Orgulhoso Como Um Leão Letra

Cê não é suficiente
Me responde; isso é o melhor que cê pode fazer?
Não importa o quanto tente
O Sol sempre estará acima de você

À meia-noite, na escuridão
Se me encontrarem, não temerão
Pois minha força vem
Com a luz das manhãs
Ao meio-dia, eu mudo tudo
Um poder grande como o orgulho
O humano que ocupa
O topo dos clãs

Nascido num berço de ouro
Filho de rei, nobre desde a criação
Eu fui maltratado desde que era novo
E quem me chamava de fraco era meu próprio irmão
Eu não podia mais só sofrer calado
Eu só tinha apanhado, nunca revidado
E sem controlar minha força, eu quebrei seu braço
Fui condenado, julgado, amaldiçoado
Jurado de morte, eu tive que fugir
O que seria de mim se não fosse a Rosa?
Eu fui para longe, até descobrir
Que eu era dono de uma força monstruosa
Esse foi só o começo de uma trajetória
Pra que não esquecessem meu nome jamais
Lembrem-se do brilho no meu olhar
O mais forte dos Pecados Capitais
Ei Galand, tire as mãos da Rhitta
Você não tem força pra erguê-lo da terra
Esse machado foi feito para mãos divinas
E não para insetos que vivem nas trevas
Somente com um simples movimento
Eu parto um Mandamento pelo meio
Corra e vire pedra, pois sabe que não é forte
Até mesmo os antigos demônios temem a morte

À meia-noite, na escuridão
Se me encontrarem, não temerão
Pois minha força vem
Com a luz das manhãs
Ao meio-dia, eu mudo tudo
Um poder grande como o orgulho
O humano que ocupa
O topo dos clãs

Brilhando forte como o Sol
Iluminando a cena
Daqueles mais fracos que eu
Eu não sinto ódio, eu só sinto pena
E mesmo que eles achem que não
Eu sou mais forte do que o Capitão
O pecado que nunca vencerão
Escanor! Orgulhoso como Leão!

Porto um Tesouro Sagrado; Machado Divino
Eu já conheci a morte; a rosa e o espinho
Eles dizem que não passa de arrogância
Mas eu sei que não existe um poder como o meu
Meu ataque não tem efeito? Quem decidiu isso?
O meu Sol foi engolido? Quem decidiu isso?
É melhor você não esquecer quem manda
O único que decide algo aqui sou eu
Estarossa, só eu tenho a força
Para me ferir, por isso, mantenho a calma
Vocês cairão e morrerão aqui
Eu carrego o fogo dentro da minha alma
Mais quente que um vulcão
Ouça o rugir de um Leão
Por que se ajoelhou na minha frente?
Deixou uma moeda cair no chão?
Sou um humano feito de arrogância e orgulho?
Ou você que se enganou de achar que era como eu?
Que mesmo insignificante, você era como eu?
E seu poder teria chances de se comparar ao meu?
Mas quem temeu, correu, quem ficou, morreu
E ninguém venceu, que não fosse eu
Cê não entendeu, durante a noite
Invoco um Sol intenso
Pra varrer com seu brilho os Dez Mandamentos

À meia-noite, na escuridão
Se me encontrarem, não temerão
Pois minha força vem
Com a luz das manhãs
Ao meio-dia, eu mudo tudo
Um poder grande como o orgulho
O humano que ocupa
O topo dos clãs

Brilhando forte como o Sol
Iluminando a cena
Daqueles mais fracos que eu
Eu não sinto ódio, eu só sinto pena
E mesmo que eles achem que não
Eu sou mais forte do que o Capitão
O pecado que nunca vencerão
Escanor! Orgulhoso como Leão!