Publicidade
Daniela Mercury

Daniela Mercury

Rainha da Balbúrdia

Álbum: #Daniela Mercury - Mais Tocadas 0 Plays

Rainha da Balbúrdia Letra


Entrar no grupo do telegram

Nordeste
É a rainha da balbúrdia que chegou pra balançar
O meu canto é de fé em nós
Minha força é a nossa voz
É a resistência, é a resistência

O meu canto é de fé em nós
Minha força é a nossa voz
É a resistência, é a resistência, é

O axé é o meu canto, o canto de quem me segue
Meu canto é alegre, é o canto do carnaval
É o grito do Bacurau

É a rainha da balbúrdia que chegou pra balançar
As bruxas, as bixas
O meu canto é de fé em nós
Minha força é a nossa voz
É a resistência, é a resistência

O meu canto é de fé em nós
Minha força é a nossa voz
É a resistência, arte é resistência

Um samba pela liberdade
Um beijo contra a maldade
Carnavalesco é ocupação

De um povo que gosta de rebolar
Até o céu, até o mar
De um povo que gosta de esperançar
Jogando a tristeza pra lá e pra cá

Requebra, requebra, dança

O sertão tem afeto, tem coragem, tem coração
Somos feitos de sol e música e perfume, perfume

Requebra, requebra, requebra
Requebra, requebra, requebra, requebra, requebra
Sem medo, contra o terror

Requebra, requebra, requebra, requebra, requebra
Sem medo, eu quero amor
Toma lá, toma lá da cá
Toma lá, toma lá da cá
Toma lá, toma lá da cá
Toma lá, toma, toma, se for vá na paz

Bahia, Sergipe, Alagoas, Maranhão
Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte
Paraíba, somos todos paraíbas
Yo, yo, yo, ai, ai, ai (dança, dança)
Yo, yo, yo, ai, ai, ai (dança, dança)
E a gente gira, gira, gira
Yo, yo, yo, ai, ai, ai (gira, gira, gira)
Yo, yo, yo, ai, ai, ai (gira, gira, gira)

Bate na palma da mão pra dançar
Bate na palma da mão que alegria dança
Minha vida não para

Bate na palma da mão pra dançar
Bate na palma da mão que alegria dança
E a vida não para, não para não
Nordeste cabra da peste