Publicidade

Papel e Giz Letra

Traz papel e giz que eu vou desenhar
E eu vou desenhar você
Que eu vou desenhar você

PL
Tu é como música e eu o Djavan
E se eu te devoro até num dia frio?
Pode pa que sim!
Vou até o fim, o que será de mim?
Um samurai, talvez eu digo não
E você diz que gosta do que a gente faz na cama, ama
Depois tu me acalma tipo Dalai-lama
Trama planos fora do comum
Mudou até meu coração que tava em jejum
Você é como arte, é
Um instrumento a parte, é
Um cálculo, mas sem um denominador comum
Tu gira como a roda girando o ziriguidum
E eu, o que eu fiz pra merecer você?
Mistura de princesa com a louca do rolê
Contrariando toda a minha lógica
Como você não fez milagre, você fez mágica

Traz papel e giz que eu vou desenhar
E eu vou desenhar você
Que eu vou desenhar você

Tu disse que não volta, volta
Tu disse que já volta, volta

Te desenhar tinha que ser tipo Picasso ou Monet
Essa pista é toda sua enquanto passa o role
Aquarela, quem é ela? Cinderela da favela
Até o mais malandro gela pra falar com você
Só não te pinto porque eu quero que Deus me livre
De ter que entregar o quadro pro Museu do Louvre
Eu não sei que paleta usar, ela me enche de cor
Apaixonado igual Van Gogh vendo o sol se pôr
Ela é filha de Dali, beleza surreal
Linda e natural quanto o brilhar da aurora boreal
Só de olhar seu visual os bico posa, de usual
Ela me enrolou, desenrolou, bolou o colom na brown
Gata, não me leve a mal
Me leva pra sua cama que pra mim já tá legal
Que do seu lado tudo fica bem
E com você não quero mais ninguém
Só a reciprocidade
Gata, não me leve a mal
Me leva pra sua cama que pra mim já ta legal
Que do seu lado tudo fica bem
E com você não quero mais ninguém
Só a reciprocidade

Fiquei com aquela noite na cabeça
Me observava como a caça olha a presa
Te ver foi o que me deu certeza dessa noite
Ela vai embora e nunca deixa o telefone
Se tu quiser, amor, te dou meu sobrenome
E a gente transa na varanda lá de casa
Não acho igual nem se eu olhar no Google Chrome
E essa vontade não passa
Então vê se não manda foto que é pra eu não me emocionar
Imaginar aquilo que eu não posso
Aquilo que eu não devo
Lifestyle foda eu sei que é ruim de acompanhar
Vê faz um esforço, me espera que eu chego cedo hoje
Baby, cê me explica o que é que houve
Já fazem quatro anos e eu não sei o que é que houve
Olha que coincidência se tem jogo do Flamengo
Se tem mengão em campo we are just making love
Vergonha das estrias
Cê deve tá rachando de tão gostosa
Sei que não tem outra igual
Por isso eu deixo o coração falar
E a falta que você fez eu não deixava nem o Messi cobrar
Se eu botasse a culpa no whisky cê ia me entender
Se eu botasse a culpa em você cê ia me xingar
Cê gosta como eu boto forte, linda, dá pra ver
Se eu sempre tento te esquecer sabendo que não dá

Te vejo nos meus sonhos
Te pintei em um quadro, amor
Quero ficar contigo
Me leva, me ama, oh
Me diz quando você vai voltar
Já tô louco pra te encontrar
No frio de SP, a gente se vê, mata a saudade até o dia amanhecer
Linda, bela, flor do dia, seja minha
Eu fecho contigo nessa vida
To apaixonado, pode crer
Minha linda, bela, flor do dia
Eu juro gata, algo me dizia, que um dia eu ia ate conhecer

Traz papel e giz que eu vou desenhar
E eu vou desenhar você
Que eu vou desenhar você

Tu disse que não volta, volta
Tudo disse que já volta, volta

É improvável que eu te diga
Que sou dependente de você
Quero saber como colo na tua
E assim ficar sem me desprender
Sou sua pretinha e você já sabia
Como isso tudo ia correr
Se der certo, deu, tô na correria fazendo de tudo pra isso valer!

Deus te desenhou e ele tava amando
Dois corpos numa cama e a gente namorando
Tava bem louca naquele rolê insano
A noite terminando e a gente se pegando
Deus te desenhou e ele tava amando
Dois corpos numa cama e a gente namorando
Tava bem louca naquele rolê insano
A noite terminando e a gente se pegando

Me traz uma dose de Gin
Se ela não tá facinha, eu já to facin
A vibe dessa mina assim
Se ela não notou vai notar até o fim
Eu quero só falar pra ela pra tomar um café da manhã
Com pão, chocolate e Nutella
Eu vou pegar essa nega e vou mostrar que pode mais
Vou fazer ela conhecer minha favela
Eu já notei que a vibe dela é viver
Então se for pra viver, eu to dentro com você
Eu já notei que a cor preferida é marrom
Por isso memo já troquei o meu conjunto de edredom
Pra jogar ela na cama, dizer que nós se ama
A vibe é relaxar, a gente vai até onde der
Vamo deixar os outro puto, de cabelo em pé
E essa mina é muito louca
Deixa qualquer homem de touca
Mas com mó respeito, pretinha tu é linda de mais
Bom que o que tu tem já sustenta o pai
E essa mina é muito louca
Deixa qualquer homem de touca
Ela não tá nem aí pra nada, pretinha tu é foda demais
Desse jeito você mata o papai
Se eu pudesse ter uma lousa da escola
Eu te desenharia, e fazia um gol pra você
Aquela menininha que cê fala “essa dá gosto”
Você é a número um
Então, se eu pudesse eu fazia um quadro com você
Fora do incomum
Pretinha tu é foda demais, desse jeito você mata o papai

Traz papel e giz que eu vou desenhar
E eu vou desenhar você
Que eu vou desenhar você

Tu disse que não volta, volta
Tudo disse que já volta, volta